Verdades Inconvenientes do Envisat

Os dados do nível do mar são calculados de muitas formas. No Ecotretas tenho seguido essencialmente os dados dos marégrafos, dados pela Universidade do Hawaii, e dos dados por satélite, da Universidade do Colorado. Agora, via Real Science, descobri que há outro satélite que também mede o nível do mar, e que traz ainda mais Verdades Inconvenientes.

O satélite é europeu e designa-se Envisat. No site da AVISO é possível observar os gráficos do Envisat, bem como dos outros satélites já nossos conhecidos, como é o caso do Jason. A imagem ao lado, que revela que nunca o nível do mar esteve tão baixo nos últimos sete anos, retira apenas das configurações por defeito o ajuste isostático, esse truque sujo utilizado pelos padres do Aquecimento Global. Para os mais interessados nos detalhes entre o Envisat e o Jason, não deixem de ver este documento sobre a calibração cruzada dos dois satélites. Compreende-se por isso, cada vez mais, a necessidade de esconder este declínio, pois sendo a subida dos mares o receio que mais é utilizado para assustar as pessoas, um declínio acentuado dos níveis dos mares acabaria, para sempre, com esta religião…

Publicada por EcoTretas em 19:22